Lâmpadas incandescentes saem do mercado até o ano que vem

A partir de 1º de julho, as lâmpadas incandescentes de 60 watts — as mais comuns nos lares brasileiros — não poderão mais ser importadas nem fabricadas no país. Esta proibição é mais uma etapa de uma portaria interministerial publicada no fim de 2010, pelo governo federal. A venda, no entanto, para acabar com os estoques, será permitida até 30 de junho do ano que vem.

A substituta desse tipo de lâmpada é a fluorescente de 15 watts, que economiza muito mais: cerca de 75%. Uma lâmpada incandescente de 60 watts acesa durante cinco horas, por 30 dias, representa um gasto de R$ 3,09 na conta de luz no fim do mês (considerando a tarifa da Light). Com a fluorescente de 15 watts, paga-se R$ 0,77, uma diferença de R$ 2,32.

De imediato, o consumidor pagará mais pela substituta, já que a incandescente é bem mais barata (custa R$ 3,56, na Leroy Merlin). A fluorescente é vendida por R$ 8,99, na mesma loja. A longo prazo, porém, percebe-se a economia.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/lampadas-incandescentes-saem-do-mercado-ate-ano-que-vem-12800705.html#ixzz34L09brQg

Fonte: Jornal Extra

Fonte: http://www.portaldoconsumidor.gov.br/noticia.asp?busca=sim&id=26558

Anúncios

Sobre André Zanoti

É mestre em Direito, pelo Centro Universitário Eurípides de Marília - UNIVEM (2008), especialista em Política e Estratégia pela Universidade de São Paulo – USP (2004), especialista em Direitos Especiais pelo Centro Universitário Eurípides de Marília – UNIVEM (2002), graduado em Direito pela Universidade de Marília – UNIMAR (1999). Concluiu o ensino-medio na Fox Lane High School – Bedford/New York (1992). Foi editor do Boletim Desafio e membro do corpo editorial da Revista Direito e Análise. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Constitucional, Internacional, Sociologia, Sociologia Jurídica, Ciência Política e Teoria Geral do Estado e Direito Civil. Atua principalmente nos seguintes temas: Crítica aos Fundamentos da dogmática jurídica, principiologia do Direito e construção do saber jurídico. É advogado associado do escritório Zanoti e Almeida Advogados Associados, inscrito na OAB/SP sob o número 5.222, desde 2000 e do escritório Pradella e Zanoti, em Ourinhos. Possui formação em Programação Neurolinguistica, pelo Southern Institute of Neurolinguistic e em Empreendedorismo – EMPRETEC/SEBRAE, e ministra cursos, palestras e treinamentos à pessoas jurídicas de direito público e privado, nas áreas de coaching, gestão administrativa, capacitação corporativa, liderança, negociação, formação e gerenciamento de equipes, oratória entre outros. Atualmente, é vice-presidente da ONG Associação Ambientalista de Defesa da Bacia Hidrográfica do Vale do Paranapanema - ADERP, membro do Conselho Municipal do Meio Ambiente de Assis - CONDEMA, e membro da câmara técnica de capacitação, mobilização e educação ambiental do Comitê da Bacia Hidrográfica do Médio Paranapanema – CBH-MP.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s